SMS Marketing E-mail Marketing: integre sua comunicação

A publicidade e o marketing estão em constante atualização, no intuito de atender às necessidades do consumidor moderno. Houve uma época na qual a melhor forma de abordar o cliente era com o envio de material impresso para o endereço. Depois, com a popularização da internet, foi a vez de trocar a folha impressa pelo e-mail. E agora, quem não está nas redes sociais e nos celulares não está construindo bons relacionamentos com o público.

Mas a abordagem mais eficiente e bem sucedida é sempre a da comunicação integrada. Pouco adianta realizar ações isoladas junto ao cliente e não ser capaz de produzir fidelidade e engajamento. Por isso, hoje vamos falar um pouco sobre o alinhamento das campanhas de SMS e e-mail marketing.

O que as duas ferramentas têm em comum?

Tanto o envio de SMS em massa quanto os disparos de e-mail marketing para uma base de dados são ferramentas que apresentam um excelente custo-benefício, ou seja, elevado Retorno sobre O Investimento (ROI). Além disso, são um canal direto e fácil de acesso ao cliente.

No caso do SMS Marketing, a taxa de abertura das mensagens supera os 95% e mais de 20% dos consumidores respondem. Já o ROI do e-mail marketing é de aproximadamente 3.000%. Agora, imagine utilizar as duas estratégias de forma integrada? As chances de sucesso são astronômicas.

Além disso, ambos são procedimentos automatizados, cuja gestão é feita por programas de envio de mensagens. A grande vantagem disso é a possibilidade de mensuração dos resultados, que fornece relatórios periódicos e permite mudanças de rumo para garantir o sucesso das ações.

Como integrar esses canais na comunicação da sua empresa?

O fato de falar com o consumidor ou prospect nestas duas ferramentas não quer dizer que tudo aquilo que for enviado por uma delas será reencaminhado pela outra. Afinal, enquanto o SMS é caracterizado por um texto curto, com linguagem simples e direta e de abertura praticamente imediata (menos de 90 segundos após o recebimento), o e-mail marketing permite o uso de mais recursos multimídia, pode ficar preso na caixa de Spam e leva mais tempo para ser aberto.

Por esses motivos, a coordenação das campanhas ocorre de forma simultânea e ao mesmo tempo individualizada, de modo que o SMS e o e-mail marketing atuem dando suporte um ao outro. Um e-commerce de moda, por exemplo, quando dispara a newsletter da nova coleção de verão, deve enviar um aviso por SMS contando sobre a novidade e convidando o cliente para visitar a loja.

Já uma empresa de aluguel de carros que dispara um e-mail com a nota fiscal do serviço e o agradecimento pela preferência, também pode enviar um SMS confirmando que o pagamento foi efetuado e solicitando avaliação de serviço (número de 1 a 10).

O senso de urgência e imediatismo do SMS também é propício para reforçar campanhas relâmpago, como “50% só hoje” ou “frete grátis neste final de semana” e redirecionar para o e-mail marketing, como por exemplo “confira o cupom de descontos na sua caixa de entrada”.

Já para ampliar a base de dados, é interessante lançar uma campanha promocional pelo SMS, informando que todo cliente que acessar o e-mail para preencher um cadastro e indicar 3 amigos irá ganhar um cupom de desconto.

De forma integrativa, as chances de abertura e de conversão são arrasadoras e é quase 100% certo que o consumidor receberá a mensagem. Mas lembre-se de operar com linguagem e estratégias individuais, para não parecer que tudo o que é enviado por um canal é duplicado pelo outro.

Os comentários estão encerrados.